bwm-ng: monitorando as taxas de transferências de suas interfaces de rede

Salve, salve galerinha linuxer!

O blog tá de casa nova… e pra “comemorar” isso vamos dar uma atualizada no conteúdo né! Rsrsrs… 🙂 Nessa dica apresento a vocês uma ferramenta bem legal pra monitorar as taxas de transferência, tanto de disco rígidos, quanto das interfaces de rede de sua máquina, o Bandwidth Monitor Next Generation ou simplesmente bwm-ng!

Pois bem, deixando de enrolação! Vamos ver como monitorar a taxa de transferência de suas interfaces de rede via web browser.

Primeiro saiba que o bwm-ng oferece as seguintes opções de saída seus monitoramentos:

  • Modo texto simples
  • Modo texto com ncurses
  • Arquivo no formato csv
  • Arquivo no formato html

Aqui vou mostrar como configurar o bmw-ng para utilizar o modo de saída em html, tornando a visualização das informações mais rápida e atrativa. 🙂 Então, vamos começar!

  1. Instale o bwm-ng através do código-fonte ou utilizando o gerenciador de pacotes de sua distro
  2. Tenha em sua máquina um servidor web em pleno funcionamento (apache, lighttpd, nginx, etc…)

Estando os dois itens acima ok, vamos executar o bwm-ng:

bwm-ng -u bits -o html -H -R 1 -t 1000 -D 1 -F /var/www/bwm-ng/bwm-ng.html

Agora abra seu browser e acesse as informações colhidas pelo bwm-ng…

http://<IP DA MÁQUINA RODANDO O BWM-NG>/bwm-ng/bwm-ng.html’

e veja os resultados sendo atualizados em tempo real!

bwm-ng_original

* Entendendo as “coisas”…

Você executou o comando, visualizou em seu browser as informações MAS ficou curioso sobre como foi possível aquilo! Calma lá, vou explicar o que cada opção passada lá em cima pro bwm-ng faz. 😉

-u bits       = unidade de medida a ser utilizada nas informações
-o html      = habilita o modo de saída em html
-H              = insere corretamente os cabeçalhos html no arquivo a ser gerado
-R 1           = define o valor em segundos para a tag ‘meta http-equiv=”refresh”‘ do html
-t 1000      = tempo em milisegundos que o bwm-ng usa para colher as informações
-D 1           = ativa o modo “daemon” do bwm-ng
-F <path> = onde salvar o arquivo html gerado

é isso! Para mais detalhes, consulte a boa e velha man page:

man bwm-ng

BUG!!!

Vez ou outra a página html gerada pelo bwm-ng pode não aparecer, forçando você a atualizar seu browser (via F5) e como achei isso um pouco chato, fiz uma “gambi” usando frames em html pra resolver isso! Pra entender melhor, baixe meus arquivos personalizados para o bwm-ng e veja o que fiz. 😉

bwm-ng_personalizado

Meus arquivos personalizados!

Falou!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s